quarta-feira, 22 de outubro de 2014

 

Idioma English | Español

  • feeds

Usuário
Senha
Clique aqui para inscrever-se

E isso, o que significa?

Mensagem de Pentecostes do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) ”Neste ato do Espírito Santo se engrandece a diversidade do povo de Deus"

ALC/CMI
Genebra, quarta-feira, 23 de maio de 2012

Todos eles estavam atônitos e perplexos, e se diziam uns a outros: ‘E isso, o que significa?’ (Atos dos Apóstolos 2:12)

Os dias posteriores à ressurreição devem de ter sido de estremecer e difíceis de compreender para os seguidores de Jesus. De fato, alguns deles tinham visto o Cristo ressuscitado, no caminho a Emaús e inclusive tinham tocado suas feridas e compartilhado uma parte de pescado.

Agora encontravam-se todos juntos numa habitação, esperando. Não deve ter sido fácil para eles, apertados num espaço pequeno, perguntando-se o que se esperava deles, quando de repente veio um vento, vieram as línguas de fogo e começaram a falar em outras línguas.

Olhando-os de fora, a multidão da rua perguntava: “O que é que isso significa?”. É bem provável que inclusive alguns dos seguidores de Jesus, que tinham visto muitos milagres e escutado o Filho de Deus em primeira mão, fizessem essa mesma pergunta: “E isso, que significa?”.

Ao ler o relato do primeiro Pentecostes nós também nos perguntamos: “E isso, o que significa?”. Aqueles que se encontram no meio de uma crise política ou financeira, violência, ocupação, guerra ou conflito se perguntam “E isso, o que significa?”

Aqueles que são perseguidos por causa de suas convicções e sua fé se perguntam: “E isso que significa?”. Aqueles que se converteram em refugiados ou que sofreram desastres naturais, como inundações e secas, terremotos e tsunamis se perguntam: “E isso, o que significa?”.

Aqueles que sofrem por causa do HIV/Aids ou que lutam para poder dar alimento, água potável, alojamento e educação a seus familiares se perguntam: “E isso, o que significa?”.

Aqueles que sofrem a dor da perda prematura de um ser querido se perguntam: “E isso, o que significa?” Aqueles que vivem em países que estão em perigo de desaparecer por causa da mudança climática se perguntam: “E isso, o que significa?”

Ao refletir a respeito do dia de Pentecostes nos damos conta de que nesse ato do Espírito Santo se engrandece a diversidade do povo de Deus. Os seguidores não provêm das mesmas nações nem falam o mesmo idioma. Não estão de acordo na forma de interpretar o que viveram ou viram. Mas todos reconhecem as maravilhas de Deus e seu poder de transformá-los, tanto a eles como o mundo.

Do mesmo modo que o poder do Espírito Santo pousou sobre os crentes Ele vem hoje a nós. A presença viva de Jesus Cristo prossegue a obra salvadora de cura do nosso mundo corrompido e vem infundir-nos alento, esperança e o poder transformador do amor.

Que o mesmo Espírito Santo do primeiro Pentecostes nos encha uma vez mais para que, como aqueles que se encontravam naquela habitação naquele dia, nos encha do amor de Deus e 
dê uma nova compreensão mútua. Que sejamos transformados para poder proclamar as maravilhas de Deus ao mundo de hoje!

Presidentes do Conselho Mundial de Iglesias

Arcebispo Dr Anastasios de Tirana e de Toda Albânia, Igreja Ortodoxa da Albânia
Sr. John Taroanui Doom, Igreja Protestante Maohi, Polinésia Francesa
Rev. Dr. Simon Dossou, Igreja Metodista de Benín
Rev. Dr. Soritua Nababan, Igreja Cristã Protestante Batak, da Indonésia
Revda. Dar. Ofelia Ortega, Igreja Presbiteriana Reformada de Cuba
Patriarca Abune Paulos, Igreja Ortodoxa Tewahedo, da Etiópia
Revda. Dra. Berenice Powell Jackson, Igreja Unida de Cristo, dos Estados Unidos.
Dra. Mary Tanner, Igreja da Inglaterra

Veja mais notícias de ALC/CMI

Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)
Informações e análises sobre a realidade sócio-eclesial, de desenvolvimento e direitos humanos na América Latina e outras regiões do mundo
Edição em português: Rua Ernesto Silva, 83/301, 93042-740 - São Leopoldo - RS - Brasil
Email: editorportugues@alcnoticias.net
no se puede crear el file ()