quarta-feira, 20 de agosto de 2014

 

Idioma English | Español

  • feeds

Usuário
Senha
Clique aqui para inscrever-se

Relatório denuncia ausência de políticas públicas voltadas à juventude

A ausência de políticas públicas excluiu quase um milhão de jovens com menos de 18 anos de idade do sistema educacional, denuncia o Relatório Nacional de Desenvolvimento Humanos 2011-2012, que pontuou a Guatemala com um índice de 0,58, apenas 0,02 pontos acima da qualificação de 2010, superando na América Latina apenas o Haiti.

ALC
Guatemala, segunda-feira, 30 de julho de 2012

Apesar de representar 70% dos 14,7 milhões de guatemaltecos, a juventude não conta com a atenção prioritária do Estado, tanto que 25% dos jovens não têm um trabalho digno e a expectativa média de vida é de apenas 30 anos. O título do documento elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) indaga "Guatemala: um país de oportunidades para a juventude?"

O relatório foi lido em público, na segunda-feira, no Teatro Nacional, pela profissional que o coordenou, Linda Asturias, na presença do presidente da República, Otto Pérez Molina. A falta de coerência nas políticas para a juventude de governos anteriores levou a esses resultados, justificou Molina


“Enquanto Guatemala não contar com uma lei nacional da juventude que dê suporte à criação de instituições com respaldo financeiro, existe o risco de que cada administração governamental siga desenhando instrumentos de política nacional que nunca chegarão a se concretizar", arrola o documento.

Por isso o banditismo é, muitas vezes, a única opção da juventude diante da falta de oportunidades de emprego, de educação, de saúde e de recreação, assinala o Relatório.

 

Veja mais notícias de ALC

Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)
Informações e análises sobre a realidade sócio-eclesial, de desenvolvimento e direitos humanos na América Latina e outras regiões do mundo
Edição em português: Rua Ernesto Silva, 83/301, 93042-740 - São Leopoldo - RS - Brasil
Email: editorportugues@alcnoticias.net
no se puede crear el file ()