quinta-feira, 24 de julho de 2014

 

Idioma English | Español

  • feeds

Usuário
Senha
Clique aqui para inscrever-se

Justiça de El Alto melhora prestação de serviço a mulheres vítimas de violência

O Conselho da Magistratura e o Tribunal de Justiça de El Alto instruíram juízes de instrução familiar para que valorizem a Rede de Atendimento e Prevenção da Violência Intrafamiliar e pedem agilidade no trâmite de processos dessa ordem.

ALC
La Paz, quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O procedimento tem por propósito, entre outros, de facilitar o acesso de mulheres do interior à Justiça.

A diretora do Colectivo de Investigación, Desarrollo y Educación entre Mujeres (CIDEM), Mary Marca, informou que só na cidade de El Alto, de pouco mais de um milhão de habitantes, 44 mulheres foram assassinadas em 2011, número que caiu para 30 no ano passado. Em cinco anos, de 2007 a 2011, foram registradas 67,7 denúncias de violência intrafamiliar dirigida contra mulheres e crianças na Bolívia.

Mulheres que são vítimas de violência intrafamiliar muitas vezes precisam empregar seus próprios recursos para encaminhar denúncia aos órgãos competentes. Muitas se deparam, no entanto, com burocracia e insensibilidade de servidores da Justiça boliviana.

 

Veja mais notícias de ALC

Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)
Informações e análises sobre a realidade sócio-eclesial, de desenvolvimento e direitos humanos na América Latina e outras regiões do mundo
Edição em português: Rua Ernesto Silva, 83/301, 93042-740 - São Leopoldo - RS - Brasil
Email: editorportugues@alcnoticias.net
no se puede crear el file ()