quarta-feira, 20 de agosto de 2014

 

Idioma English | Español

  • feeds

Usuário
Senha
Clique aqui para inscrever-se

Grito dos Excluídos mobiliza a cidadania por dignidade

O Estado deve servir à Nação, enfatizou o Grito dos Excluídos na sua 18ª edição, na sexta-feira, 7 de setembro, dia em que brasileiros e brasileiras lembram a proclamação da Independência.

ALC
segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O regime militar estabeleceu o 7 de setembro como momento áureo nos anos 70 do século passado, quando os desfiles militares enchiam as telas das tevês para encobrir espancamentos, choques elétricos e outras brutalidades praticadas nos porões da ditadura.

A data ganhou ressignificação com a luta de boa parte do povo pobres do país por dignidade, salários, além de saúde, educação, moradia e alimentação. O enfeixamento de lutas populares, sociais e políticas foi assumida pelos trabalhadores do campo e da cidade, e acontece sempre na Semana da Pátria.

Este ano, o Grito dos Excluídos teve como lema "Queremos um Estado a serviço da Nação, que garanta direitos a toda população". Para marcar a data e o 18º aniversários dessa luta, organizações e movimentos sociais realizaram atividades em todo o país.

"O Estado tem o dever de dar à população brasileira o acesso ao sistema de saúde, à educação, terra, trabalho, transporte, moradia e lazer. No entanto, isso acontece de forma precária e, em alguns casos, não ocorre", denunciam o movimentos sociais.

No ano de 2011, o governo federal destinou 45,05% (R$708 bilhões) de seu orçamento para o pagamento da dívida pública, enquanto reservou apenas 4,07% (R$63,93 bilhões) para a saúde, e 0,02% (R$314,2 milhões) para o saneamento, denunciou a rede Jubileu Sul.

A concentração nacional do evento ocorreu pela manhã em Aparecida, interior de São Paulo, no pátio em frente à Basílica. Ao mesmo tempo, foram realizadas mobilizações em todo o país.

 

Veja mais notícias de ALC

Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)
Informações e análises sobre a realidade sócio-eclesial, de desenvolvimento e direitos humanos na América Latina e outras regiões do mundo
Edição em português: Rua Ernesto Silva, 83/301, 93042-740 - São Leopoldo - RS - Brasil
Email: editorportugues@alcnoticias.net
no se puede crear el file ()